A balança comercial brasileira tem superávit de US$ 45,99 bilhões no acumulado do ano

Postado por
Transporte de Carga

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 45,99 bilhões no acumulado do ano, até a primeira semana de agosto, em alta de 43,4% pela média diária, na comparação com o período de janeiro a agosto de 2020. A corrente de comércio (soma das exportações e importações) chegou a US$ 289,02 bilhões no período, um aumento de 34,5%.

A atual corrente de comércio é reflexo do desempenho das exportações, que somam US$ 167,51 bilhões, em alta de 35,6%, e das importações, que aumentaram 32,9%, alcançando US$ 121,51 bilhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (9/8) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

As exportações no acumulado do mês subiram 41,4%, alcançando US$ 5,86 bilhões, enquanto as importações totalizaram US$ 4,22 bilhões, com alta de 53%. A balança comercial registrou superávit de US$ 1,64 bilhão, portanto, em alta de 18,1%, enquanto a corrente de comércio somou US$ 10,08 bilhões, subindo 46%.

Nas exportações, comparadas a média diária até a primeira semana deste mês (US$ 1,171 bilhão) com a de agosto de 2020 (US$ 828,75 milhões), houve crescimento de 41,4%, com alta das vendas nos três segmentos – Indústria Extrativista (+103,1%), Indústria de Transformação (+27,5%) e Agropecuária (+7,9%). Na Indústria Extrativista, o aumento das exportações foi puxado, principalmente, pelo crescimento nas vendas de minério de ferro e seus concentrados (+108,6%); óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus (+76,5%); minérios de cobre e seus concentrados (+390,9%) e pedra, areia e cascalho (+26,7%).

Já em relação à Indústria de Transformação, destaque para o aumento nas vendas de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada (+105,6%); produtos semiacabados, lingotes e outras formas primárias de ferro ou aço (+120,5%); veículos automóveis de passageiros (+99,9%); gorduras e óleos vegetais, “soft”, bruto, refinado ou fracionado (+234,2%) e ouro, não monetário, excluindo minérios de ouro e seus concentrados (+36,6%).

Entre os produtos agropecuários, a alta das exportações foi impulsionada pelo crescimento nas vendas de soja (+32,2%); café não torrado (+44,2%); madeira em bruto (+319,8%); trigo e centeio, não moídos (+20.310.791,3%) e produtos hortícolas, frescos ou refrigerados (+58,8%).

Importações

Nas importações, a média diária até a primeira semana de agosto de 2021 (US$ 844,22 milhões) ficou 53% acima da média de agosto do ano passado (US$ 551,68 milhões). Nesse comparativo, aumentaram principalmente as compras de produtos da Indústria Extrativista (+323,9%), da Indústria de Transformação (+46,8%) e da Agropecuária (+42,5%).

Na Indústria extrativista, destaque para as compras de gás natural, liquefeito ou não (+1.164,1%); outros minérios e concentrados dos metais de base (+449,4%); carvão, mesmo em pó, mas não aglomerado (+50,1%); óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus (+47,1%) e minérios de cobre e seus concentrados (+1.155,7%).

Já na Indústria de Transformação, o aumento das importações foi puxado pelo crescimento nas compras de medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários (+218,5%); óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos, exceto óleos brutos (+ 114,8%); adubos ou fertilizantes químicos, exceto fertilizantes brutos (+78,0%); partes e acessórios dos veículos automotivos (+55,2%) e válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou foto-cátodo, diodos, transistores (+36,8%).

Por fim, na Agropecuária, a alta nas importações teve o destaque da compra de trigo e centeio, não moídos (+76,5%); pescado inteiro vivo, morto ou refrigerado (+105,9%); milho não moído, exceto milho doce (+158,5%); látex, borracha natural, balata, guta-percha, guaiúle, chicle e gomas naturais (+35,8%) e produtos hortícolas, frescos ou refrigerados (+ 8%).

Fonte: https://www.aduaneiras.com.br/

 


 

 

 

A Choice Logistics cria soluções baseado na necessidade do cliente e oferece transporte rodoviário nacional para Container e Cargas Soltas nos principais Portos, Aeroportos e Eadi´s dos Estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Atuamos com Cargas nacionalizadas de importação, cargas de exportação, cargas projeto e em regime de trânsito aduaneiro (DTA), sempre desenhando nossa operação logística para atender os prazos e exigências operacionais de nossos clientes.

A Choice Logistics é a sua parceira em operações aduaneiras

 

 

 

 

 

 

Tags:
movimentação de container, carga fracionada, transporte de container em curitiba, transporte de container em paranagua, Carga aerea, Carga portuária, logistica de conteiner, estufagem de conteiner, consolidação de conteiner, transporte de cntr

#cargaportuária #logisticadeconteiner #estufagemdeconteiner #transportedeconteiner #transportedecntr

Carregando…
Português »